Se eu tivesse outro…

Queria só ver o que seria de você se eu tivesse outro. 
Se eu tivesse alguém que não medisse palavras para dizer o quanto gosta de mim e sou especial, que sussurra no meu ouvido um eu-te-amo que arrepia os pelos da minha nuca. Um outro que me quisesse por inteiro e o tempo todo, sem medo de nada. Que, como você, me abraçasse forte, mas, diferente de você, mostrasse o quanto queria que aquele momento durasse para sempre. Um outro, que me mandaria mensagens o dia inteiro e me ligasse em qualquer horário só para dizer que não consegue parar de pensar em nós; e conversasse comigo sobre tudo e qualquer coisa. E alguém que realmente quisesse um relacionamento sério com todos os seus prós e contras, problemas e delícias.
Queria só ver o que seria de você se não me tivesse. Aliás, saiba que não me tem mais,  acabou de me perder para mim e para a pessoa que ainda estar por vir.
Fafá ;*

Anúncios

Resenha: As listas de casamento de Becky Bloom

Mais um livro que a minha linda professora de matemática me emprestou.
Eu vi o filme Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e esperava mais desse livro. Mas, pode ser que seja mais divertido para pessoas mais velhas que se identificam mais com a história.
Becky é uma consumista compulsiva… E agora vai se casar! Só que ela acaba entrando em uma confusão, tentando agradar as duas mães(a dela e a dele) e não sabendo qual dos dois casamentos escolher( o chique e cheio de “falsidade” ou o mais simples e amoroso).
O final me interessou mais que o resto do livro, acho que eu iria gostar mais de ler sobre a lua-de-mel deles ao redor do mundo.
Muita gente gostou, então eu posso estar fazendo uma crítica errada. Tentem ler e dêem suas opiniões.
BoaLeitura

Resenha: O Teorema Katherine

Todo mundo fala bem do John Green e eu decidi ler um livro dele para ver se ele é bom mesmo. Mas, já que eu não estava afim de ler um livro para chorar (A Culpa é das Estrelas), escolhi esse (que é novo) e minha mãe me deu 😀 .
Quando comecei a ver fórmulas no meio do livro, mesmo gostando muito de matemática, achei que iria ser chato, mas ele me surpreendeu bastante.
Colin é um menino prodígio de dezesseis anos que acabou de  levar um “pé na bunda” da sua última Katherine (a décima nona!!!) e fica arrasado, então decide pegar o carro e viajar com o seu amigo Hassan para lugar nenhum para tentar esquecê-la, mas acabam ficando na primeira cidade em que pararam por causa de uma oferta de trabalho e passam o resto das férias lá. Nesse cidade é que Colin tem o seu tão esperado momento EUREKA! e inventa um teorema que mostra quem, em um relacionamento amoroso, vai ser o Terminante, quem vai ser o Terminado e quanto tempo o relacionamento vai durar.
É um livro tão leve e fofo que nem dá para perceber o quanto se lê por dia. E quando acaba, dá uma saudade…
Adorei e vou relê-lo milhares de vezes. Vocês deviam fazer o mesmo 😉
BoaLeitura

Resenha: A Seleção

Que menina não quer ser uma princesa?
A America.
Só que as inscrições para ser uma princesa dão dinheiro à família da menina inscrita e a família de America está precisando. O que ela não esperava é que ela fosse escolhida e tivesse que participar do reality show que mostra o príncipe escolhendo a sua pretendente, que ela fosse realmente uma das favoritas e que o príncipe fosse virar amigo dela.
A resenha é bem curtinha, mas não consigo demonstrar com palavras o quanto eu gostei desse livro. Ele é diferente e envolvente.
BoaLeitura

Resenha: All I Want

ÊÊÊÊÊ!!! Primeiro livro em inglês que eu leio durante o curso!!!
Pedi emprestado para a minha professora de inglês para eu poder treinar 🙂 Não foi muito fácil lê-lo, mas também não foi difícil.
O livro é pequenino, mas demorei TRÊS semanas para lê-lo, ou seja, a história dele não é tão legal… =/
Alex acabou de fazer trinta anos, seus pais têm “nomes de terra”, tem um namorado considerado normal demais, trabalha há mais ou menos três semanas em uma galeria de arte e deseja loucamente o seu chefe.
Achei a história meio sem sentido, ela mal conhece o chefe e já quer casar com ele (mesmo tendo um namorado). O cara é um idiota e nem dá bola para ela, só que ela faz tudo o que ele pede. Por que cargas d’água ela vai para naquela casa com ele e não vai embora? E como a amiga, o namorado e a mãe dela aparecem na casa se ela não contou para ninguém onde estava (eles nem estranharam ela ter sumido…)?
Bom, pelo menos fiquei feliz de ter entendido o livro 😀
Talvez você goste… Ou talvez não…
BoaLeitura

Resenha: O garoto da casa ao lado

Fui em um sebo aqui perto de casa com o meu pai e ele escolheu esse livro para me dar.
Ele é um pouco grande e eu estava em semana de provas, então demorei uns 5 dias para terminar.
O livro é todo escrito em forma de emails e muito fácil de ler.
A vizinha da protagonista acaba de sofrer uma tentativa de assassinato e entra em coma. Mel tenta ajudar com tudo: com os animais e a achar o sobrinho da vizinha.
Mas o sobrinho da mulher é um idiota e não está nem aí para ela, então manda um amigo cuidar das coisas fingindo ser ele.
O nome desse amigo é John e ele ajuda por estar devendo um favor. Mel e John ficam muito próximos e se apaixonam (sem ela saber quem ele é), mas, também, ninguém ainda descobriu quem tentou matar a mulher.
O livro é ótimo (não esperava nada menos que isso da Meg Cabot) e divertido. Os emails do pessoal do trabalho de Mel são os melhores!
BoaLeitura

Resenha: C.O.V.A. – Centro de Orientação para Vilania Aplicada

Encontrei esse livro em um sebo e foi amor à primeira vista!
O livro fala de um lugar que recruta (ou melhor dizendo, sequestra) crianças (com mais ou menos doze anos) super dotadas para viverem durante seis anos em um lugar não identificado sendo treinados para virarem os melhores vilões do mundo.
É narrado em terceira pessoa e fala de várias crianças, então não posso dizer que há um protagonista principal, mas os mais importantes são ” um gênio com memória fotográfica e cabelos completamente brancos, um asiático especialista em artes marciais e lógica, uma bela e perigosa ladra de diamantes mundialmente famosa e uma divertida perita em tecnologia avançada”, que não querem nem um pouco passar esses seis anos lá e planejam fugir.
Imagino ele sendo um filme, ia ser demais.
O livro é divertido, misterioso, animado e muito bem escrito por Mark Walden (acho que vai ser mais um dos meus queridinhos). Minha única reclamação é que o livro é pequeno demais, consegui lê-lo em um dia e quando terminei eu queria mais!
A coleção é composta por seis livros, mas no Brasil só há dois (esse e o Protocolo Soberano que é o segundo) e eu estou ficando doidinha para que venham os outros!
BoaLeitura