Séries para amar – The Carrie Diaries

The Carrie Diaries

Essa série é uma prequela de Sex and The City e é baseada nos livros que foram lançados aqui no Brasil como Os Diários de CarrieO Verão e a Cidade. Acompanha a Carrie Bradshaw durante o seu último ano na escola, época que acabou de perder a sua mãe, conhece seu primeiro amor, consegue seu primeiro emprego, começa a se descobrir cada vez mais e têm diversos problemas com as suas amigas,a família e com as inimigas, estes também com os seus problemas pessoais. A única personagem de Sex and The City que, além da Carrie, também aparece na série, é a Samantha Jones, que começa a sua participação na segunda temporada. Mas, os personagens presentes nesse momento na vida da Carrie são incríveis, prometo que vocês vão adorar!

Quem já conhece a personagem sabe o quão apaixonada por moda ela é e isso é um ponto bem forte na série, principalmente por ela de passar na década de 80 e fazer diversas referências à cultura pop, seja tanto em seus figurinos quanto em sua trilha sonora (MARAVILHOSA).

Foi muito fácil eu me identificar com a protagonista e suas aventuras e desventuras, a cada episódio eu me emocionava independente do que tivesse acontecido. Fiquei chateada por terem cancelado a série em sua segunda temporada e nunca chorei tanto em um episódio final.

Deixo vocês com o trailer da primeira temporada de The Carrie Diaries que, como foi cancelada, dá para ser assistida ininterruptamente sem precisar esperar a próxima semana para assistir o próximo capítulo. Ela possui apenas 26 episódios (13 por temporada) e cada um possui cerca de 40 minutos de duração, ou seja, em dois finais de semana (ou uma semana inteira) se consegue terminar a série.

A primeira temporada foi exibida aqui no Brasil pela Boomerang e a segunda pelo Glitz*, mas já ouvi falar que a SBT também exibe as duas temporadas dubladas.

Se você ama moda, escrita, música, amor e adolescência, não sei porquê ainda não assistiu The Carrie Diaries! Corre que ainda dá tempo!

Fafá :* #TeamSebastianKydd

Anúncios

Descobertas musicais – George Ezra

Como uma menininha de 13 anos eu tenho paixões platônicas por pessoas inacessíveis 😛

E a paixão da vez é o cantor revelação (talvez só para mim, sei lá kkk) George Ezra, que ganhou meu coração com a voz grave, as músicas envolventes, as letras apaixonantes e esse sorriso encantador.

Ele é da Inglaterra e tem 21 anos, fazendo aniversário dia 7 de junho (geminiano como eu 😉 ). Começou a fazer sucesso no ano passado com o seu single Budapest de seu álbum de estreia  Wanted on Voyage e já foi considerado a revelação do rock/folk de 2014 pela MTV, pela VEVO e pelo ITunes.

 

No início deste ano, abriu alguns shows da turnê de Sam Smith e meses depois foi o show de abertura da turnê do Hozier. E possui um CD que eu considero inteirinho ótimo.


Budapeste

“A minha casa em Budapeste

Meu tesouro escondido no peito

Piano de cauda de Ouro

Meu lindo castelo

Você

Você

Eu deixaria tudo

Meus hectares de um terreno

 Eu consegui

Pode ser difícil para você

 Parar e acreditar
 Mas por você
 Você

Eu deixaria tudo

Ah, por você

Você

Eu deixaria tudo

Fafá :*

Meu shorts curto do tamanho da sua mente

Era sábado a tarde, um dia tranquilo para se pegar o trem, que realmente e felizmente estava bem vazio. Entrei tranquilamente no vagão, que estava fresco por causa do ar condicionado e aliviava o calor lá fora, sentei em um banco e as portas se fecharam.

Uma mulher estava no vagão com os seus dois filhos, que deviam ter cerca de 10 e 13 anos, e percebi que os três olhavam para mim. De repente ela aponta e diz “Filhos, olhem o tamanho de shorts dessa menina. Meninas que são para namorar não usam shorts desse tamanho, esse não é um tamanho certo de shorts. Ai que absurdo… Como os pais de alguém deixam ela sair assim?” , então eles descem no próximo ponto.

Isso tudo, enquanto eu olhava para eles…

Minha mãe me levou de carro até o trem, ela viu como eu estava vestida e a única coisa que falou foi “Filha, se divirta!” e, em casa, quando eu falei que estava me sentindo bonita, ela me disse que isso era o que importava e que concordava comigo. Então, não entendi o porquê daquela moça, que estava de calça; bota e blusa de lã em plenos 30ºC, que nem me conhece, estar me julgando e, pior, me usando como mal exemplo para seus filhos enquanto via que eu olhava fixamente para eles.

Eu só conseguia pensar a quantidade de absurdos que achei naquele cenário: a falta de respeito comigo; a possível falta de amor próprio que ela tinha; os homens seus filhos serão privando suas namoradas de se vestirem como querem e achando que eles é que decidem as escolhas delas e aquela roupa horrorosa sendo usada em um dia de muito calor. Não que ela não pudesse se vestir como quisesse, eu estaria sendo hipócrita dizendo isso, mas eu via que aquela raiva em suas palavras saiam por causa do desejo dela de também poder usar um shorts, uma regata ou qualquer outra coisa mais fresca, mas que poderia mostrar partes do seu corpo.

Me diverti muito aquele dia. Foi só quando cheguei em casa, quando fui contar à minha mãe sobre meu dia, que lembrei do acontecido. E ela só me disse “Coitada dessa mulher…”

Então, moça do trem, gostaria muito de te dizer que todos temos a liberdade de usarmos o que quisermos, o certo e o errado está somente em nossas próprias mentes e, para mim, o certo é me sentir confortável com as minhas roupas e com os meus pensamentos. Realmente, não tenho um namorado, mas, quando eu tiver e ele reclamar que eu não posso usar o meu shorts favorito por ele ser curto demais, eu deixo o namorado em casa e saio só com o shorts. E nunca ensinarei meus filhos, se tiver, a julgarem as pessoas, ainda mais se forem desconhecidas!

Por fim, por favor, em um próximo dia quente, vista-se com um vestidinho e não com preconceito.

Fafá :*

Para ser feliz :D – Músicas para ser feliz

Está tristinho? Cabisbaixo? Mais sem graça que a top-model magrela na passarela?

Não desanime não! Eu lhes apresento AS MINHAS MÚSICAS PARA FICAR FELIZ! Ela irão fazer com que o seu pé bata no chão, seus dedos estalem, seus ombros mexam, sua cabeça irá balançar e você pode começar a assobiar ou até cantar toda a música em voz alta!

Ah, mas você está sozinho e não tem com quem dançar? :/

SEM PROBLEMAS! Pega essa tristeza aí e faz ela dançar! Já já ela vira felicidade e esquece o que era. 😀

Aumenta o som, dá o play e se joga!

Aproveita e me segue no 8Tracks, meu usuário é FabisaLi igual aqui. 😉

Espero que tenham gostado!

Fafá :*

Vamos falar sobre feminismo?

Se você é uma pessoa, independente do sexo, que acredita na igualdade dos gêneros e na liberdade de ação e expressão: Parabéns! Você é um (a) feminista!

Calma! Isso não é ruim! Na verdade é bem simples, não precisa odiar os homens ou se privar de sua vaidade para ser feminista, basta ter aquelas opiniões citadas acima.

Podemos passar batom e rasparmos a perna. Ou não! Isso só depende de se queremos ou não. Podemos casar virgens ou “darmos” para quantos quisermos. Podemos escolher conversar antes de beijar alguém ou “ficarmos” com seis pessoas diferentes em uma única noite sem saber seus nomes. Podemos usar calça, saia, shorts ou burcas sem sermos julgadas por causa de um simples pedaço de pano.

Meninas podem jogar futebol e brincar de carrinho. Meninos podem dançar e cuidar de bonecas. A Mulher pode trabalhar fora de casa enquanto o Homem pode limpar a casa e cuidar dos filhos. Porque é por isso que o feminismo luta: Igualdade e liberdade! Sem julgarmos ao próximo por coisas que deveriam ser da responsabilidade de cada um e não dos outros.

Termino esse texto lhes apresentando vlogueiras que hoje fazem muito sucesso e também lutam pela causa feminista!

Então, agora que o básico está explicado, pode parar de sentir medo e se defina feminista! \o/

Fafá :*

Os problemas de se relacionar com uma geminiana

Ela vai sorrir para você, falar que o dia está lindo. Irá cantar, dançar e querer caminhar. Mas, quando chega a noite, ela está deitada no sofá falando que deu uma vontade incontrolável de chorar e aí ela coloca Marley e Eu no DVD para vocês assistirem.

Na segunda-feira ela irá comentar que está morrendo de vontade de ir naquela balada nova que inaugurou no mês passado e passa a semana inteira te implorando para ir com ela. Vocês compram os ingressos e até um vestido novo para ela, só que chega o sábado e é você que vai ter que arrastá-la até a tal balada, pois no momento ela queria ir ao museu ver a nova exposição que estreou na sexta-feira e tomar um sorvete.

Vocês vão ao shopping para comprar uma roupa para ela usar no aniversário dela, rodam por todos os andares e nada a encanta, até que ela entra na única loja que vocês ainda não tinham visto e se apaixona por um macacão. Você pensa “Ainda bem que ela encontrou alguma coisa!”, mas ela pensa “E agora? Eu levo o de estampa de girafas, de estrelas, de listras ou de flores?” e, enquanto ela passa uma hora trocando os macacões para decidir a estampa que melhor fica nela; que mais combina com as cores da decoração da festa ou que mais combina com o seu mapa astral, você dorme em um pufe da loja. Ela te acorda e fala “Estou em dúvida em qual levar… Acho melhor comprar o sapato primeiro e depois eu volto para levar o macacão que mais combina com o sapato.”. Então, começa a busca pelo sapato perfeito, que ela acha mais fácil que a busca pela roupa perfeita. Ela compra o sapato e volta para a loja dos macacões, decide que o de flores é o que mais combina com o sapato e vocês vão para casa, sem ela falar nada, pois, deve estar cansada. Quando vocês vão dormir, ela vira de um lado, vira de outro, senta, você pergunta “O que foi?” e ela responde “É que eu gosto tanto de girafas…”

Hoje ela vai estar de vestido preto, batom roxo, lápis preto no olho e coturno. Amanhã de blusa branca, shorts rosa claro, sapatilha e somente um gloss nos lábios. Na semana que vem ela sai de saia verde-limão, regata amarela, duas tranças no cabelo e um tênis nos pés. E na hora de comprar um presente, você nunca lembra qual é a cor que ela mais usa ou o seu estilo, pois ela está sempre mudando, sendo quase um camaleão.

Ela vai ouvir um “Que batom lindo, você está tão diferente!” e agradecer, mas passará o dia inteiro te obrigando a refletir junto se aquilo era um elogio, ironia ou falsidade.

Se você reclama da época da TPM, nem imagina como é conviver com uma de nós geminianas que nascemos e vivemos durante todas as 24 horas de todos os dias em constante mudança de humor, opinião e gosto. Tá querendo se relacionar com uma geminiana? Tem que vir com disposição e armadura, nós não somos fáceis e não damos moleza para ninguém. A mesma força de vontade que você terá para nos entender, teremos para deixarmos vocês confusos. E olha que não é nada proposital, só não gostamos de rotina e mesmice.

Será como se tivesse várias pessoas diferentes, mas todas com a mesma essência e manias. Somos bem difíceis, mas, quando conseguir nos conquistar, pode ter certeza que o amor e a diversão serão garantidos e proporcionais a dor de cabeça que damos 😛

Fafá :*

Séries para amar – IZombie

A partir de hoje, todos os domingos darei dicas de séries muito legais para acompanhar, algumas pouco divulgadas, mas que valem muito a pena. Vocês também verão que não dou muita sorte com as séries, pois, muitas são séries que já foram canceladas 😛

A indicação dessa semana é : IZombie

A série é baseada em uma HQ de mesmo nome e conta a história de Liv, uma mulher que tinha a vida perfeita, com direito a noivo perfeito e trabalho perfeito, porém, em uma festa acontecem coisas muito estranhas e toda a vida dela vai “por água a baixo”, pois, ela vira uma Zumbi. Para satisfazer seu desejo por cérebros e não precisar machucar ninguém, arranja um trabalho no necrotério, onde seu chefe vira seu principal confidente e o único que sabe o que está acontecendo.

O mais legal nessa série é o enredo policial, pois, quando ela come os cérebros acaba absorvendo as memórias dos defuntos e suas características psicológicas, assim, consegue ajudar a policia a resolver assassinatos, mas acaba desenvolvendo alguns problemas (ou soluções) por causa dessas características adquiridas. No meio disso tudo, Liv e Ravi (seu chefe) passam a procurar por respostas e ela acaba conhecendo outros que também são zumbis.

Outro ponto que gosto bastante na série é a mitologia criada, como a forma em que as pessoas se tornam zumbis ou o fato deles só sentirem o gosto de pimenta, e como eles se tornam fiéis a ela sem deixar nada passar despercebido.

Ela estreou no começo do ano e já tem 10 episódios exibidos todas as terças-feiras lá nos EUA. E pelo o que eu li, já foi confirmada uma segunda temporada! Yey \o/

É uma série que, apesar da temática (mortes, assassinatos e todo o resto que só quem assiste descobre) passa muito rápido e de modo leve, por isso é ótima para passar o tempo e se divertir.

Fafá :*