Me desligue

Me desligue.

Porque não consigo adormecer.

Com tanta coisa na cabeça.

Não quero remédio.

Só quero você.

Aspirinas não me ajudarão.

Só o seu abraço bem forte.

E um cafuné delicado.

Me desligue.

Porque eu não consigo adormecer.

O frio que eu sinto.

Não condiz com o clima lá fora.

As cobertas não esquentam.

Só o seu carinho acalenta.

Eu sei que meu descanso é necessário.

Mas meu corpo não quer desligar.

Ele não para de pensar.

Ele não para de bater.

Ele não para de tremer.

Chego a pensar que é só você que me acalma.

E me faz dormir.

E me desliga.

Pra recarregar.

E poder viver.

Fafá ;*

 

TREVO

Depois do estômago doendo de ansiedade. Do peito doendo de medo. Da mente ainda não sabendo lidar. No trem, me apareceu aquele CD tão doce e sensível, que me acalmaria. Olhei através da janela. O Sol se põe e eu me lembro de você. Você que, com seu calor e brilho, viria me segurar, acalmar meu corpo e me mostrar que não precisaria me desesperar.

Me olhou e me mostrou como me vê. Me vi capaz de tudo. Me vi te querendo mais ainda. E ao som daquele CD, nos amamos. Reafirmamos que nós juntos vivemos música. Que nós juntos fazemos música. Canção de amor sentida na batida de nossos corações. E nossas vozes mudas cantavam o que sentimos. O toque arrepiava até os pelos da nuca. E o abraço no sono nos fez um. E todas as músicas daquele CD, que se tornou o meu favorito de agora, pareciam terem sido escritas por mim para você.

Fafá ;*

Mal vi de onde veio.

Nós não aceitamos quando algo muito bom aparece. Duvidamos, estranhamos e demora um tempo para perceber que aquilo realmente está acontecendo.

Aconteceu no começo do ano. Deixei rolar, achei que seria exatamente igual como das outras vezes. Mas, não foi, continuou acontecendo e crescendo. E eu não sei que ponto percebi que aquela coisa maravilhosa tava na minha vida e não iria embora. Mal vi de onde veio, apareceu tão de repente e quando vi já tava ali comigo.

Aconteceu novamente agora. Fui duvidando, achando que podia ser pegadinha e não era. Tava lá, me esperando e foi tão de repente. Mal vi de onde veio. Ainda não caiu a ficha. Ainda não consegui parar de ficar preocupada. Mas, sei que com o tempo vou descobrir que também é algo maravilhoso que apareceu, sem avisar, em minha vida e que vai mudá-la, assim como a primeira coisa mudou para melhor.

Reaprendi que as coisas maravilhosas que mudarão a sua vida aparecem sem avisar e sem esperar. Você as recebe sem expectativas e acaba tendo elas como parte de ti.

E essas minhas coisas, mal vi de onde vieram. Mas, quero que fiquem durante muito tempo.

Fafá ;*