Naquele dia tive medo.

Medo por não entender o que estava acontecendo.

Só existia o vazio.

Eu não sentir nada me confundiu.

Podia ser um tchau.

Podia ser uma recaída.

Você sabe o que é sentir nada?

É desesperador.

É desesperador você querer um coração acelerado.

Querer sentir o toque daquela mão em seus cabelos.

O nada é sufocante.

Então, finalmente, sua mãos conseguem recuperar o meu coração.

Seus lábios me trazem de volta à superfície daquele mar revolto.

E eu, felizmente, percebo que só tinha deixado algo me distrair de todas as delícias que estavam ao meu redor.

Algo me fez esquecer o quão feliz eu estava por estar simplesmente ali.

Ali.

Do seu lado.

Espero que nunca mais eu esqueça.

Fafá :*

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s